Mestrado Profissional em Engenharia Ambiental

Área de Concentração: Saneamento Ambiental - Controle da Poluição Urbana e Industrial

 

 

 

O Laboratório de Engenharia Sanitária – LES é um apoio fundamental às atividades de ensino e pesquisa nas áreas de Engenharia Sanitária e Engenharia Ambiental. Estas atividades, concentradas no Departamento de Engenharia Sanitária e do Meio Ambiente – DESMA, compreendem:

  1. Curso de Engenharia Sanitária (Graduação), com dez disciplinas, que utilizam o LES;
  2. Novo curso de Engenharia Ambiental e Sanitária (Graduação) – que substituirá gradativamente o curso de Engenharia Sanitária.
  3. Curso de Mestrado em Engenharia Ambiental (Pós Graduação em Engenharia Ambiental – PEAMB);
  4. Curso de Especialização em Saneamento Ambiental (CESA);
  5. Projetos de Pesquisa financiados por diversas agências de fomento (PROSAB/FINEP, CNPq e FAPERJ);
  6. Projetos de Iniciação Científica, preparação de trabalhos de fim de curso de graduação e preparação de dissertações de Mestrado.

O LES foi criado em 1993 e fica localizado no complexo de salas 5029 do bloco F no DESMA na Faculdade de Engenharia (FEN) da UERJ. Mantém-se sob a Coordenação da Professora Daniele Maia Bila e a coordenação adjunta professora Associada Elisabeth Ritter.

Para o suporte técnico das atividades desenvolvidas, o LES conta no seu quadro efetivo com dois técnicos de laboratório, funcionários da UERJ, de nível médio, três técnicos PROATEC (Programa de Apoio Técnico-UERJ), duas bolsas de TCT – FAPERJ, além de bolsas de Iniciação Cientifica (8) e alunos de mestrado e doutorado.

Os projetos de pesquisas dos grupos de pesquisa do DESMA, as dissertações e teses desenvolvidas impuncionam o LES ao desenvolvimento de novas metodologias de pesquisa e o aumento da capacidade de realização de ensaios, vários já implementados, como os ensaios de toxicidade com organismos de diferentes níveis tróficos, a detecção de micropoluentes em matrizes ambientais e o estudo de seus efeitos no meio ambiente (ex. desregladores endócrinos).

 

DESCRIÇÃO DA ESTRUTURA DO LABORATÓRIO

 

Atualmente, recursos financeiros oriundos de projetos de pesquisas de agências de fomento (CNPq, FAPERJ e FINEP) possibilitaram uma reforma das instalações do LES, a aquisição de novos equipamentos e a criação de um laboratório de toxicidade. Mais recentemente, foram implementados ensaios para a detecção dos efeitos dos micropoluentes no meio ambiente. As fotos a seguir mostram a infra-estrutura atual: bancadas e equipamentos, laboratório de toxicidade e seus ensaios, e o ensaios YES (Yeast Estrogen Screen) – que investiga a atividade estrogênica de substâncias puras ou misturas e de amostras ambientais, tais como, águas naturais, sedimentos marinhos, esgoto doméstico, efluente de ETE, entre outros.

No LES são realizadas: análises físico-química de água, carbono orgânico total, experimentos de tratamento de águas residuárias, tais como, processos de separação por membrana, processos biológicos e físico-químicos, reatores e filtros em escala piloto, ensaios de medida da capacidade de sorção de solo (batch-tests), medidas de transporte de contaminantes no solo relativo à difusão molecular, análises de líquido intersticial de solos. ensaios de equilíbrio em lote (batch-tests). Além da toxicidade aguda com organismos de três níveis tróficos Danio rerio, Daphnia similis e Víbrio fisheri, E a determinação da atividade estrogênica, para estudos sobre os efeitos de Desreguladores Endócrinos.

O LES possui os seguintes equipamentos: agitador, espectrofotômetro UV-Visível de varredura, espectrofotômetro de UV, mesas agitadoras, balanças analíticas, Incubadora de DBO, estufa de secagem, destilador-deionizador, pHmetros, oxímetros, fotômetro de chama, refrigeradores, freezer, prensa, jar-test, centrifuga, shake orbital, microtox, forno mufla, autoclaves, microscópio, mantas aquecedoras, medidores multiparâmetro, eletrodo de íon-seletivo, turbidímetro, bombas à vácuo,condutivímetro, sistema de extração em fase sólida, digestor e destilador para determinação de N Kjedahl, incubadora de cultivo, capelas de exaustão e fluxo laminar, equipamento de microfiltração/ultrafiltração/nanofiltração, digestor de DQO, analisador de carbono orgânico total (para amostras sólidas e líquidas), etc. Recentemente foi adquirido um HPLC (Waters).

 

 

 

 

 

Laboratório de Engenharia Sanitária (LES)

Laboratório de Engenharia Sanitária (LES)
Coordenador
Profa. Daniele Maia Bila , D.Sc. 2005 - COPPE/UFRJ - Currículo LattesInformação Academica
É graduada em engenharia química pela UFRRJ (1998), mestre em engenharia química pela COPPE/UFRJ (2000) e doutora em engenharia química pela COPPE/UFRJ (2005). Realizou Pos-Doutorado em engenharia química pela COPPE/UFRJ (2005-2006). Desde 2006 é professor adjunto do departamento de engenharia sanitária e do meio ambiente da UERJ (DESMA/UERJ). Desde 2010 é chefe do laboratório de engenharia sanitária (LES) da faculdade de engenharia da UERJ. Participa como docente do Programa de Pós-graduação em Engenharia Ambiental da UERJ (PEAMB). Tem experiência na área de Engenharia Sanitária, com ênfase em Engenharia Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: Tratamento e caracterização de lixiviados de res&iacut...
Localização
Pavilhão João Lyra Filho, 5º andar, sala 5029, bloco F, no Depto. de Engenharia Sanitaria e Ambiental.
Atendimento
Fax: 21 2334--0311 ramal 17
Endereço Eletrônico: les@uerj.br
Horário de Funcionamento: Segunda à sexta, 08:00 às 22:00